Operadora do Catar lança 1ª rede 5G do mundo, mas sem smartphones compatíveis

Enquanto os Estados Unidos e outros países desenvolvidos correm para lançar redes 5G em 2019, uma operadora do Catar pode ter deixado todos para trás. A Ooredoo anunciou nesta segunda-feira, 14, o lançamento da “5G Supernet”: a primeira rede comercial de 5G do mundo. A empresa promete a entrega de velocidades compatíveis com o alto padrão da próxima geração de telefonia, mas esbarra em um problema: a falta de smartphones compatíveis.

De acordo com a publicação do site Venturebeat, a primeira rede 5G do mundo fica localizada na cidade de Doha, capital do Catar. Segundo a Ooredoo, o lançamento desta segunda-feira marca a primeiro estágio das redes “5G Supernet”, ocupando o espectro de 3,5 GHz. A área de cobertura se estende da ilha artificial Pearl-Qatar até o Aeroporto Internacional Hamad, passando por diversos pontos turísticos da cidade.

Antes de alcançar este feito, a operadora vinha investindo pesado em montar sua estrutura de rede 5G. Desde 2016, a empresa tem investido na implantação do 5G na capital do país, tendo feitos testes anteriores em alguns locais. Em novembro, a Ooredoo também anunciou testes de serviços de 5G voltados para empresas. Além disso, alguns clientes tiveram acesso a experiências de “velocidades 5G” antes mesmo de os padrões das redes serem definidos.

Apesar do anúncio oficial da primeira rede 5G do mundo, o feito da Ooredoo esbarra em algumas barreiras e dúvidas. A primeira é a ausência de telefones compatíveis, uma vez que as principais fabricantes de smartphones só devem lançar os primeiros telefones 5G em 2019. A própria operadora reconheceu essa limitação e prometeu os celulares apenas para junho do próximo ano, mas disse que vai oferecer equipamentos domésticos com acesso ao 5G enquanto isso.

Outro questionamento é quanto as velocidades que serão alcançadas pelas redes. Durantes os testes passados, a Ooredoo prometeu entregar 1 Gbps para os clientes selecionados e atingir taxas superiores em seus laboratórios. No entanto, nada foi dito quanto a real capacidade da rede com o lançamento comercial.

Enquanto o tempo não diz se a Ooredoo ganhou a corrida pelo 5G ou não, outras companhias continuam anunciando as suas redes. A Etisalat, dos Emirados Árabes Unidos, prometeu lançar suas redes com taxa de 1 Gbps e com dispositivos compatíveis em setembro. Já as operadoras americanas, como a Verizon e a AT&T prometeram entregar as primeiras conexões 5G do país entre o fim deste ano e o começo do próximo.

 

 

 

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/noticia/operadora-do-catar-lanca-1-rede-5g-do-mundo-mas-sem-smartphones-compativeis/76042