Cyborg vai disputar cinturão no UFC 214, seja interino ou linear

Depois de Dana White, presidente do Ultimate, revelar que Cris Cyborg lutaria no UFC 214, restou a dúvida: a brasileira vai disputar o cinturão dos pesos-penas no evento? O vice-presidente internacional do Ultimate, Joe Carr, garantiu ao Combate que a lutadora paranaense, invicta desde 2005 e campeã da categoria nos eventos Invicta FC e Strikeforce, lutará pelo título no dia 29 de julho, seja este interino ou linear.

– Sim (próxima luta da Cyborg será pelo cinturão), 100% de certeza. Contra Germaine (de Randamie, atual campeã da categoria) ou com quem quer que seja. A próxima luta da Cyborg será pelo título dos penas – declarou o dirigente.

Germaine De Randamie, que conquistou o cinturão inaugural da divisão feminina dos penas (até 65,8kg) em fevereiro ao derrotar Holly Holm, se opôs à ideia de encarar a temida brasileira em sua primeira defesa do título. A holandesa citou o exame antidoping positivo de Cyborg em 2011 como um motivo para não enfrentá-la, e afirmou que pretende voltar ao peso-galo (até 61,2kg) em seguida. Carr disse não estar completamente a par da situação, mas afirmou que, caso esse seja de fato o caminho que ela vai seguir, ela será destituída do cinturão.

– Não sei muito ao certo, tenho acompanhando pelas notícias, venho viajando muito desde Estocolmo, mas parece que ela está focada na volta à categoria de baixo. Se esse realmente for o caso, ela vai ter que entregar o cinturão. Não sei o que ela tem em mente, o UFC vai conversar com o empresário dela para saber o que ela quer, mas se ela realmente fizer isso, o cinturão ficará em aberto.

Joe Carr também comentou sobre o estado do relacionamento da organização com Anderson Silva após sua polêmica saída do UFC Rio 8 (UFC 212), devido à falta de um substituto para Kelvin Gastelum, seu adversário no evento, retirado da programação após ser flagrado em exame antidoping. O brasileiro detonou a diretoria do Ultimate nas redes sociais e chegou a dizer que seus fãs deveriam pedir o dinheiro do ingresso de volta. Carr, todavia, assegurou que a controvérsia já é parte do passado.

– Acho que amenizamos isso. Temos um relacionamento longo com o Anderson, os relacionamentos não são perfeitos, mas está tudo bem entre nós, esperamos que ele volte a lutar logo, adoraríamos vê-lo lutar. Isso realmente depende dele. Temos alguns grandes eventos por vir. Não devemos voltar ao Brasil até outubro, o que provavelmente seria muito tempo a não ser que ele queira esperar, mas temos bons eventos por vir. O 213 é muito cedo, o 214 em 29 de julho, provavelmente não, mas aí teremos o 215, o 216…

Confira outros temas abordados por Joe Carr na entrevista com o Combate:

Futuro de Vitor Belfort no UFC

– Tenho quase certeza que esta não será a última luta de Vitor. Eu acho que ele está bem focado nessa luta, depois desse combate poderemos falar sobre o futuro. Eu não vi o contrato, mas, no meu entendimento, essa não é a última luta dele. Ele é muito popular aqui, tem feito um trabalho incrível para nós, construindo uma marca e o esporte aqui. Você viu a recepção que ele teve no treino aberto e no Media Day. Ele é, com certeza, alguém que adoraríamos ter um relacionamento, mesmo depois de parar de lutar. Mas depende dele.

“Liga das Lendas” de Belfort

– Não sei se isso faz sentido para o UFC, é uma coisa que ele tem vontade de fazer, mas não sei se aconteceria dentro do UFC. Eu entendo a posição dele, talvez seja um parâmetro mais simples para a competição, mas não sei se a “Liga das Lendas” aconteceria no UFC

Próximo evento do UFC no Brasil

– Ainda não (risos). Ainda não tenho uma data exata, mas tenho quase certeza que será em outubro (o evento no Brasil). Nós temos uma data, só não tenho na ponta da língua. Acho que será em alguma das cidades mais especuladas, como São Paulo ou Porto Alegre. Fizemos em São Paulo nos últimos anos, funciona bem para nós, temos um escritório lá, é um mercado grande… Vamos ver para onde vai, mas não acho que teremos grandes surpresas

Evento na América do Sul em dezembro

– Ainda não anunciamos a data exata, e não sabemos exatamente em qual cidade vai ser, mas queremos encontrar outra cidade na América do Sul para fazer um evento. Estamos buscando. É possível que seja em Santiago, estamos falando com possíveis parceiros lá, estamos de olho em Buenos Aires também. Estamos animados. Temos acordos de televisão na América do Sul, estamos agora em 28 milhões de casas, os fãs estão enlouquecidos, tem muita coisa nas redes sociais. Todos estão animados por terem as lutas disponíveis lá. O marketing está crescendo, e acho que nossos eventos sul-americanos terão um clima brasileiro, pois teremos muitos lutadores daqui. Queremos aproveitar também o Chile, Peru, e Colômbia, e acho que veremos lutadores brasileiros por lá também. Teremos um pouco de rixa entre Brasil e Argentina no octógono, se tudo der certo.

O Combate transmite o UFC Rio 8 (UFC 212) ao vivo e com exclusividade no próximo sábado, a partir de 19h15 (horário de Brasília). O Combate.com acompanha em Tempo Real e exibe as duas primeiras lutas do card preliminar em vídeo ao vivo. Na sexta-feira, site e canal exibem em vídeo ao vivo a pesagem cerimonial do evento, às 18h50. Confira o card completo:

UFC 212

3 de junho, no Rio de Janeiro

CARD PRINCIPAL (a partir de 23h, horário de Brasília):

Peso-pena: José Aldo x Max Holloway
Peso-palha: Cláudia Gadelha x Karolina Kowalkiewicz
Peso-médio: Vitor Belfort x Nate Marquardt
Peso-médio: Paulo Borrachinha x Oluwale Bamgbose
Peso-meio-médio: Erick Silva x Yancy Medeiros

CARD PRELIMINAR (a partir de 19h30, horário de Brasília):

Peso-galo: Raphael Assunção x Marlon Moraes
Peso-médio: Antônio Cara de Sapato x Eric Spicely
Peso-galo: Johnny Eduardo x Mathew Lopez
Peso-galo: Iuri Marajó x Brian Kelleher
Peso-palha: Viviane Sucuri x Jamie Moyle
Peso-meio-médio: Luan Chagas x Jim Wallhead
Peso-galo: Marco Beltrán x Deiveson Alcântara

 

 

 

Fonte: http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2017/06/joe-carr-cyborg-vai-disputar-cinturao-no-ufc-214-seja-interino-ou-linear.html

Deixe seu comentário